2150©AP.jpg

residência

27set/4out

PROJECTO EM RESIDÊNCIA

Efeito Berbereta

Efeito Berbereta é tentar fugir de uma identidade ancestral; é um esforço de compreender como é que um sistema
complexo pode ser amplamente afetado por micro acontecimentos, é ter um corpo-máquina de reprodução e querer
gerar um ser só para deixá-lo ir.


Efeito Berbereta é ainda um mundo cor-de-rosa, onde se aboliu o amor regido pelas leis da biologia, onde os
bebés-borboleta, nascidos de tubos de ensaio, falam a cantar porque não há mais famílias nucleares e caminhando,
dançam, porque chegou ao fim a parentalidade como célula de reprodução e de consumo; é o casulo onde esses
pequenos seres voadores, descobrem que mesmo sem mãe, ou pai têm um umbigo; e que a ferida inicial, essa cicatriz
permanente, é um post-it que lembra que vieram de algum lugar mais escuro.

Criação e Interpretação: Inês Marques e Joana Brito Silva
Música Original: João Gamory
Direção de Movimento: Rafael Barreto
Desenho de luz: Teresa Antunes

Espaço cénico e figurinos: Mariana Fonseca
Produção: Mariana Dixe
Consultoria artística: Pedro Penim

fotografia (c) Alípio Padilha

FICHA TRIPLA – Programa de Residências Artísticas

FICHA TRIPLA tem como principais objetivos estimular a investigação, criação e apresentação de novos objetos artísticos através da cedência de espaços e apoio logístico para ensaios, em zonas de baixa densidade populacional, para a criação artística nas artes performativas - Teatro, Dança, Performance e Novo Circo.

FICHA TRIPLA é uma organização da PRODUÇÃO D’FUSÃO em parceria com a Câmara Municipal do Cartaxo, Câmara Municipal de Seia, Estúdio 13 - Espaço de Indústrias Criativas, Fundação Nossa Senhora da Esperança, e conta com o apoio da Direção
Geral das Artes.